FRETE GRÁTIS em pedidos a partir de R$ 250

Box Machado de Assis

R$249.90

O primeiro box da Antofágica, com os três romances de maior sucesso do Bruxo do Cosme Velho: Memórias póstumas de Brás Cubas, Dom Casmurro e Quincas Borba.

 

Seja pelos encontros e desencontros amorosos de Bentinho e Capitu, as melancólicas lembranças de Brás Cubas ou a história da cobiçada herança do filósofo Quincas Borba, conheça neste box o melhor do romance de Machado de Assis, com texto integral, projetos gráficos ousados, artes inéditas, notas explicativas e textos extras de renomadas personalidades contemporâneas.

Macunaíma, o herói sem nenhum caráter

R$89.90

No fundo da floresta amazônica, ao som do murmurejo do rio Uriracoera, nasce Macunaíma, o herói do povo brasileiro. Filho da índia tapanhumas e do medo da noite, Macunaíma, um menino astuto, logo se torna homem e vai com os irmãos para a agitada São Paulo. O herói também corre o país todo em fugas inveteradas e inventa lendas e costumes que permanecem até os dias atuais na cultura do país.

Memórias Póstumas de Brás Cubas

R$89.90

Publicado em 1881, escrito com a pena da galhofa e a tinta da melancolia, Memórias Póstumas de Brás Cubas é, possivelmente, o mais importante romance brasileiro de todos os tempos. Inovador, irônico, rebelde, toca no que há de mais profundo no ser humano. Mas vale avisar: há na alma desse livro, por mais risonho que pareça, um sentimento amargo e áspero.

Quincas Borba

R$89.90

Com texto de apresentação de Emicida e ilustrações de Samuel de Saboia, conheça a história de Quincas Borba: um cachorro, mas esse também é o nome de seu dono, um filósofo de Barbacena, Minas Gerais. Quando este rico pensador morre, deixando para trás uma grande fortuna, seu amigo Rubião é nomeado o único herdeiro. Mas o ex-professor só colocaria as mãos no dinheiro sob uma condição – zelar pela vida de Quincas Borba, o cão.

Triste Fim de Policarpo Quaresma

R$79.90

Publicado originalmente em folhetim, em 1911, esta obra de Lima Barreto é essencial para compreender um Brasil que, embora buscasse criar uma identidade nacional para a recém-declarada República, trazia intactas muitas das características da antiga sociedade colonial. Esta edição, além de ilustrações de João Montanaro e apresentação de Criolo, contou com notas e ensaio crítico de Jorge Augusto (IFbaiano), pesquisador de Lima Barreto, além de texto da especialista em literatura negro-brasileira Fernanda Felisberto (UFRRJ) e um ensaio poético de Ferréz, expoente da literatura marginal no país.

Úrsula

R$79.90

O primeiro romance escrito por uma mulher no Brasil, uma mulher negra e nordestina, em nova edição com textos de Preta Ferreira, Conceição Evaristo, Fernanda Miranda e Régia Agostinho. Publicada em 1859 pela maranhense Maria Firmina dos Reis, a obra é um dos expoentes do Romantismo brasileiro e vem sendo resgatada de um período de mais de um século de apagamento no meio literário. Abolicionista, Maria Firmina desafiou a sociedade fortemente escravocrata de sua época e entrou para a história.