Lima Barreto

"Querem saber de uma cousa? No Brasil, tudo é possível."

Lima Barreto nasceu em 13 de Maio de 1881, exatos sete anos antes da abolição da escravatura no Brasil, filho de um tipógrafo e uma professora primária, ambos negros libertos. Apesar das leis do período, que impediam a escolarização de pessoas negras, a educação sempre foi o eixo norteador da vida de Lima, tendo sido sua mãe sua primeira professora, em uma escola fundada por seu pai. O autor chegou a ingressar na faculdade de engenharia mas, por dificuldades financeiras, não concluiu o curso. Precursor da literatura negro-brasileira e do modernismo literário no país, Lima Barreto faleceu aos 41 anos.

Livros do Autor

Triste Fim de Policarpo Quaresma

R$79.90

Publicado originalmente em folhetim, em 1911, esta obra de Lima Barreto é essencial para compreender um Brasil que, embora buscasse criar uma identidade nacional para a recém-declarada República, trazia intactas muitas das características da antiga sociedade colonial. Esta edição, além de ilustrações de João Montanaro e apresentação de Criolo, contou com notas e ensaio crítico de Jorge Augusto (IFbaiano), pesquisador de Lima Barreto, além de texto da especialista em literatura negro-brasileira Fernanda Felisberto (UFRRJ) e um ensaio poético de Ferréz, expoente da literatura marginal no país.